domingo, 15 de novembro de 2009

Estilo UEPA de Redação

O processo seletivo seriado PRISE e o geral PROSEL
Existem dois tipos de tipologias textuais neste processo para a prova de Redação, uma é a Carta Argumentativa e a outra é a Dissertação Tradicional. O candidato pode optar por uma das duas. Abaixo a prova do processo 2009.
Os temas giram em torno de reflexão e crítica, como o do processo para 2009 que critica a eleição de Obama nos EUA como forma de a população tentar esquecer e aniquilar preconceitos anteriores na história da nação. A temática requer ainda que o candidato faça uma crítica à tentativa de união das nações e que compare EUA e Brasil neste aspecto.
Já para o processo de 2007, foram também dois tipos de tipologias, dessa vez o Texto Narrativo e a Dissertação Tradicional. O que se percebe é que torna-se muito mais viável e fácil para o candidato optar pela dissertação, visto que a exploração da temática torna-se mais fácil de acertar. Veja abaixo a prova.
A prova relata que "o poder dos mais fortes sobre os mais fracos é o tema que os une e que, juntos, formam o perfil da desigualdade, historicamente construída, seja ela social, econômica, política, cultural, etc., e os mais fracos sempre em desvantagem."
Percebe-se que as temáticas sempre giram em torno de críticas socais. Para se dar bem na prova, é necessário ler bem os textos que a prova oferece, e detalhe, os textos estão sempre no corpo da prova objetiva, e leia-os bem!!!
Para dissetar, siga as regras tradicionais, 3ª pessoa, mínimo de 20 linhas.

2 comentários:

  1. Professora, conheço algumas pessoas que escreveram a dissertação pra Uepa em 1ª pessoa do plural. Os corretores descontam pontos nesses casos?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Olá professora eu fiz uma redação da uepa 2011 e queria q fizesse a correção e me ajudasse a melhorar!

    Uma sociedade que não cuida das suas crianças é suicida!

    Ver uma criança numa situação perigosa se tornou comum nos dias atuais e é triste ter que se deparar com crianças que vivem em situação de abandono e exploração.Além de triste é uma questão conflitante,pois questionamos a todo o momento,onde estão os pais dessa criança?Qual o futuro dessa criança?
    Sabemos que muitos pais abandonam seus filhos por não terem como criá-los e outros que usam seus filhos como garantia de sustento, explorando e não dando a eles a oportunidade de ter um futuro melhor.E nós?Vamos continuar sendo uma sociedade que não se preocupa com o amanhã?Com ações simples podemos nos unir junto as autoridades competentes e tentar oferecer um destino melhor a essas crianças que estão no abandono e sem esperança de algo melhor, o que não podemos é deixar nossas crianças a mercê da criminalidade, abandono e exploração.
    As crianças representam o futuro, são a futura sociedade brasileira, mais um motivo para investir na educação dessas crianças e formar uma sociedade de cidadãos que se preocupa com o próximo, que entende que uma criança é importante para o amanhã e para o desenvolvimento de uma sociedade mais feliz e desenvolvida.

    ResponderExcluir